DOLLHOUSE


Em 1989, a Geobra lançou as primeiras caixinhas cor-de-rosa. De olho na porção feminina do mercado de brinquedos, a fabricante alemã quebrava assim uma tradição que vinha desde os primórdios do Playmobil, com suas inconfundíveis caixas azuis.

A "Linha Rosa" embalava a Coleção Vitoriana, retratando o período histórico vivido pela Europa desde meados do século 19 até a virada do 20, quando a Inglaterra foi governada pela rainha Vitória. A maior caixa rosada ganhou o código 5300 e era a grandiosa Casa de Bonecas (Puppenhaus, no original alemão; ou Dollhouse, para o mercado de língua inglesa).

Há poucos dias, este blogueiro ganhou de presente de um colecionador paulista um catálogo impresso na Alemanha, no ano 2000, todo focado na Mansão Vitoriana. Trata-se de um folder de tamanho A4 que vai se desdobrando até se transformar num imenso pôster. Logo na capa, a menininha convida: "Venha, eu vou lhe mostrar minha Casa de Bonecas... ela têm seis cômodos bem grandes!". Nas páginas seguintes, há várias fotos das caixas da coleção e dos compartimentos da casa: quarto de casal, sala com lareira, cozinha, quarto de bebê e até um banheiro ao estilo da Belle Époque.

 

  
O tal amigo que me enviou o presente pediu para não ser identificado -- por isso, permanecerá incógnito, mas devidamente registrado no hall de agradecimentos deste blog. Quanto à coleção Vitoriana, ela durou praticamente uma década, mas nunca foi comercializada no Brasil. Nos EUA e Europa, foram lançados cerca de 80 itens entre 1990 e 1999. Depois, em 2004, surgiram mais seis caixinhas, e a linha foi encerrada, deixando para trás uma legião de fãs.  
 
As poucas casas que vi aqui no país foram trazidas não só por meninas mas também por meninões-quarentões que se encantaram com o charme da coleção rosadinha, provando que a questão de gênero não interfere em nada na hora de brincar de Playmobil... E viva o poder rosa! 


Catálogo especial Playmobil apresenta a Casa de Bonecas
Catálogo especial Playmobil con la Mansión Victoriana
Special Playmobil folder shows the Dollhouse

 
.



Comentários

  1. Imaginei que hoje, Dia da Mentira, o amigo fosse lançar uma das mentirinhas da Estrela/Trol...

    Mas gostei do post acima!

    Estas casas são bem bonitas, muito charmosas mesmo, apesar de não ser uma linha que goste (particularmente acho muito "cute cute") mas não podemos deixar de apreciar...

    Abraços Zerocal,
    Marcius Victor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hha, Marcius:

      Compreendo sua crítica quanto ao "cute cute", mas devemos admitir que alguns sets são bem charmosos, como o calhambeque vitoriano, o caminhão antigo, o mendigo da praça...

      abs, CAL

      Excluir
    2. Com certeza Zerocal,

      não vejo linha mais charmosa do que esta! O calhambeque é lindo, já o tive mas acabei passando para outro colecionador (por falta de espaço e para não aguçar a curiosidade... rs), o mendigo é um ícone...

      Abraços, Marcius Victor.

      Excluir
  2. Cal,

    Rsss... tenho que concordar com o Marcius, é meio cute cute aos olhos masculino, mas para as meninas é um sonho de consumo.
    Sobre o catálogo, da para perceber que foi muito bem produzido, coisa de primeiro mundo!

    []'s
    Vlad

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlad,

      Já vi essa casa ao vivo e te garanto que ela fica bem em qualquer diorama -- até mesmo num Western de "meninos", como se fosse a casa de fazenda de algum milionário americano da época... rs!

      Obrigado pela visita e pelos comentários,
      abs!

      Excluir
    2. Esta aí Zerocal,

      uma ótima sugestão para uma próxima Exposição. Realmente ficaria muito bonito mesmo! Imponente!

      Abraços, Marcius Victor.

      Excluir
  3. Queridos playmobilmaníacos como eu...rsrs
    Existe alguma diferença entre os da TROL/ESTRELA com os da GEOBRA com as mãos flexíveis, comprei uns 4 "pareciam" menores ou de qualidade inferior? os preços mudam assustadoriamente!!!!
    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alô, "Anônimo"... não tenha vergonha de se identificar...!

      Bom, alguns Playmobils feitos no Brasil nos anos 70-80 eram um pouquinho menores que os fabricados pela Geobra, mas eu diria que a qualidade era tão boa quanto a dos originais alemães. Qualidade inferior mesmo eram os da Antex Andina, feitos na Argentina.

      abs e volte sempre!

      Excluir
  4. É um sonho de consumo,se tivesse poder aquisitivo para adquirir uma maravilha dessas,tenho 44anos,mulher,e sou apaixonada,por tudo que lembre minha infância,pois quando somos crianças,sonhamos com o mundo dos adultos,e quando nos tornamos adultos,gostaríamos de voltar a ser crianças novamente,essa é a magia,do passar dos tempos,amo os bonequinhos playmobil e seus acessórios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alô, Anônima: fique à vontade para identificar-se!

      Sim, vc definiu bem a MAGIA de ser uma eterna criança! Bom saber que mais e mais pessoas gostam tanto do Playmobil quanto nós.

      abs e volte sempre!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

PLAYMOBIL PARALÍMPICO

100 MIL VISITANTES

THE POLICE